Competências

 

Mapeamento de Competências: Uma Ferramenta para a Gestão de Pessoas

 

O caráter sistêmico do setor de Gestão de Pessoas é resultado da incorporação de conceitos oriundos da Teoria Geral de Sistemas e da demanda pelo conhecimento estratégico, o que torna relevante a análise da Gestão de Pessoas sob esta ótica.

Esta Dissertação trata da Gestão de Pessoas como função sistêmica, agregando valor a estratégia e integração organizacional. Aborda o Mapeamento de Competências como ferramenta do setor de Gestão de Pessoas a partir de uma compreensão sistêmica das organizações, a qual identifica as competências organizacionais disponíveis e as necessárias, tornando possível o desenvolvimento de novas estratégias e processos de gestão.

 

Para validar o enfoque proposto foi aplicado na Clinica de Medicina Estética e do Esporte “Beleza”, um modelo de Mapeamento de Competências, baseado nos autores Borges-Andrade; Lima, verificando as possíveis estratégias de treinamento e mudanças na empresa. A aplicação foi realizada de acordo com o pensame nt o sistêmico, levando em consideração o elemento humano e o modo como ele se relaciona com o ambiente, que é um sistema dinâmico. Assim, observou-se, além dos colaboradores que exercem atividades no setor administrativo, alguns dos colaboradores técnicos. De acordo, também, com o pensamento sistêmico, todo o trabalho da Gestão de Pessoas desde o Mapeamento de Compet ências até a remuneração, deve ser pensado de forma estratégica e sistêmica: buscando alcançar um estado constante de equilíbrio, de modo que os processos e o sistema como um todo não chegue a um repouso estático.

 

Autora:  Msc. Juliana Lapolli - Dissertação de Mestrado - Engenharia e Gestão do Conhecimento - UFSC

Link para Download: Juliana Lapolli